Logon
Blog

Reflexos do desenvolvimento intrauterino

Entenda como é desenvolvimento da criança até os dois anos de idade

​Você sabia que o período conhecido como primeira infância, ou também chamado os primeiros 1000 dias do bebê, é um tempo muito importante para o desenvolvimento de uma pessoa? Essa fase é um momento fundamental para a saúde e o crescimento neurológico e emocional. 

Nessa edição, a Dra. Ana Amélia Meneses Fialho, pediatra neonatologista e coordenadora da UTI Neonatal da Maternidade Brasília, explica como acontece o desenvolvimento do bebê nessa fase e os reflexos desde o período intrauterino.

​Importância dos primeiros 1000 dias de vida 

Você já ouviu falar sobre os primeiros mil dias de vida e qual sua importância?  Esse período vai do primeiro dia de gestação até os dois anos de idade, ou seja, 270 dias de gravidez + 365 dias no primeiro ano + 365 dias no segundo ano de vida, totalizando os mil dias. Esse intervalo de tempo é tão valioso que também é conhecido como “intervalo de ouro". Mas por que esses dias são tão fundamentais? É porque eles podem interferir totalmente no futuro de uma criança, tanto do ponto de vista biológico, com o desenvolvimento e crescimento, como também em relação a questões sociais e intelectuais.  

Essa é a fase de maior progresso tanto físico quanto mental que acontecerá na vida de uma pessoa. É nela que ocorre a evolução dos sistemas imunológico e nervoso, além da formação de bons hábitos, como os alimentares, por exemplo, que possibilitarão uma vida adulta com mais saúde.

E essa contagem começa desde o início da gravidez porque já nessa fase há um impacto na saúde do bebê em formação e, consequentemente, todo o restante após o nascimento. Um exemplo disso é a forma como a mãe se alimenta, que interfere, por exemplo, até na formação do olfato e paladar do bebê. Outro exemplo é o reflexo do uso de drogas, cigarro ou medicamentos durante a gestação, que pode interferir no desenvolvimento neurológico do bebê.

É tão importante que, por exemplo, a metade do crescimento do cérebro de uma criança acontece até o segundo ano de vida. E mesmo sabendo que o bebê já nasce com os pontos sensoriais do cérebro como olfato, audição e tato desenvolvidos, é nessa fase que o cérebro apresenta as maiores modificações cognitivas. Nesses primeiros 1000 dias são formadas conexões em uma velocidade única em toda a vida que contribuem significativamente para o aprendizado.

Em curto espaço de tempo as crianças evoluem habilidade de pensar, aprender, raciocinar e falar. Além de adquirirem características sociais e comportamentais quando forem adultos. ​Em relação ao lado físico, também nesse período já prevenir doenças, acompanhar o sistema imunológico e incentivar o sistema neurológico terá reflexos na saúde até mesmo na vida adulta.

Cuidados ao planejar a gestação

Diante de fase tão importante e de uma chance de proporcionar ainda mais saúde e qualidade de vida para o filho, mesmo ao planejar a gravidez, já é necessário ter um olhar para a mudança de hábitos.

Adotar um estilo de vida que inclua uma alimentação balanceada, a prática de atividades físicas, deixar hábitos que fazem mal, ter a vacinação em dia e preparar o organismo para então engravidar e continuar com os hábitos durante toda a gestação. 

Segundo explica a Dra. Ana Amélia Meneses Fialho “o ideal é que o pré-natal se inicie desde quando se suspeita de uma gestação, que normalmente acontece pelo atraso menstrual".

A médica reforça ainda a importância de um pré-natal bem feito, “não faltar as consultas, fazer os exames que são orientados pela obstetra. E diante de qualquer intercorrência, seguir a orientação do obstetra. Se sugir um diabetes gestacional,  uma hipertensão ou algum sinal de ameaça de parto ou de aborto, deve-se seguir as orientações e fazer os tratamentos indicados pelo obstetra".

Depois do bebê nascer, é importante fazer o aleitamento materno exclusivo nos seis primeiros meses, e depois a introdução alimentar orientada e de forma saudável, ter sempre acompanhamento com pediatra e manter exames em dia.

Outro cuidado importante é quanto ao cuidado e afeto. Crianças que se sentem amadas e recebem contato físico e carinho formam vínculos com os pais e têm até a imunidade aumentada.

Além disso, é também nessa fase que se deve brincar com as crianças e estimular o desenvolvimento, já desde bem pequenos, com chocalhos, sons e movimentos. E com as crianças maiores, os jogos e brincadeiras as deixam menos agressivas, mais autoconfiantes e independentes.  

Essa é uma fase de investir para que o restante da vida seja de ainda mais qualidade e com mais saúde.

​Atendimento especializado

A Maternidade Brasília oferece todo o suporte para as mamães nos cuidados pré-natais, desde a preparação para a gestação até o pós-parto. Neste sentido, o setor de Medicina Materno-fetal tem se mostrado fundamental na realização de um pré-natal seguro, oferecendo informações complementares ao obstetra responsável pelo pré-natal e permitindo que se decida a conduta de maneira mais assertiva. Após o parto, as mamães podem contar com o apoio do Banco de Leite da Maternidade Brasília para tirar dúvidas sobre a amamentação. Contamos ainda com uma UTI Neonatal formada por equipe multidisciplinar e preparada para oferecer atendimento altamente especializado aos bebês que necessitam desses cuidados ao nascer. Para saber mais, acesse. ​


Veja mais