Logon
Blog

Importância da UTI neonatal e materna em uma maternidade

Infraestrutura e cuidado especializado são essenciais para assegurar a saúde da gestante e do bebê

Durante toda a gestação a mulher passa por uma série de mudanças no corpo, o que é natural. Nesse período em que se prepara para o nascimento do bebê, a futura mamãe volta sua atenção aos cuidados com a saúde e começa a ter o acompanhamento médico pré-natal.

“Durante as consultas, o obstetra verifica as condições de saúde da mãe e do bebê em formação para observar se ele está ganhando peso adequadamente e detectar possíveis alterações anatômicas, metabólicas ou genéticas”, explica a Dra. Ana Amélia Meneses Fialho, pediatra, neonatologista e coordenadora do Centro de Terapia Intensiva Neonatal (Cetin) da Maternidade Brasília.

Em alguns casos, durante o pré-natal, já é possível constatar que o bebê pode precisar de atendimento especializado ao nascer. Em outras situações, o estado de saúde do bebê depois do nascimento é que vai determinar se é necessária uma internação no Cetin.

O setor oferece 34 leitos para os pequenos e, geralmente, atende com mais frequência aqueles bebês prematuros, que nascem antes de completar as 37 semanas de gestação. Além de uma estrutura completa, o Cetin da Maternidade Brasília oferece também o atendimento de uma equipe multidisciplinar altamente especializada. “São farmacêuticos clínicos, nutricionista clínicos, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos e psicóloga que fazem parte da nossa equipe e se dedicam diariamente ao cuidado desses bebês”, explica a médica. 

Oferecer essa atenção às famílias que confiam na Maternidade Brasília para a realização do parto significa mais segurança. “Assim, temos a certeza de que, mesmo diante de situações de risco, temos total condições de garantir a assistência ao bebê”, completa a Dra. Ana Amélia. A especialista ainda pontua que, com o suporte 24 horas do Banco de Leite, o Cetin prioriza o leite materno na alimentação dos bebês prematuros.

UTI Materna

Para a Maternidade Brasília também é muito importante oferecer cuidado integral à saúde da puérpera. Por isso contamos com leitos de UTI materna para atender aos casos em que a mamãe precisa de monitoramento mais intensivo da saúde após o parto. “É o caso das síndromes hemorrágicas e hipertensivas”, continua a Dra. Ana Amélia. Ela explica também que, caso a mãe não esteja sedada, o bebê fica na mesma acomodação que ela, para garantir o contato entre mãe e filho.

Para saber mais detalhadamente sobre a estrutura e os serviços oferecidos pela Maternidade Brasília, você nem precisa sair de casa! Por meio da nossa Visita Guiada Virtual, é possível conhecer os nossos espaços, as salas de parto, o Cetin e as demais acomodações de que dispomos. Para participar da próxima visita guiada, basta se inscrever aqui.​


 
 
 
 


Veja mais