Logon
Blog

Hemorroida na gravidez: conheça as causas, sintomas e tratamento

A hemorroida durante a gestação é bastante comum e tem cura


​O aparecimento de hemorroidas durante a gravidez é um acontecimento bastante comum, e elas podem surgir em qualquer momento da gestação. No entanto, são mais frequentes depois do segundo trimestre, devido ao aumento do peso, à elevação da quantidade de sangue que circula na região do ânus, à pressão na região pélvica, à prisão de ventre e ao aumento da circulação sanguínea pelo corpo da gestante, o que faz com que as veias da região anal dilatem e fiquem inchadas, originando as hemorroidas. 

 As hemorroidas na gravidez podem ser tratadas e curadas. O tipo de tratamento será indicado pelo médico de acordo com cada caso. Nesta edição do blog, o Dr. Bruno Augusto Martins, proctologista da Maternidade Brasília, explica as causas, sintomas e tratamento. Saiba mais!  

 O que é hemorroida?  

Conforme explica o Dr. Bruno Augusto Martins “as hemorroidas fazem parte da anatomia normal do ânus e canal anal. Elas podem ser tanto internas, situadas no interior do canal anal, como externas, localizadas na margem do ânus. As hemorroidas internas são coxins (para exemplificar, como almofadas) formados por vasos sanguíneos e tecido conectivo, e têm a função de amortecer a passagem das fezes. Já as hemorroidas externas são veias presentes na borda do ânus. Algumas situações como, por exemplo, a prisão de ventre, podem gerar alterações nas hemorroidas e desencadear diversos sintomas”. 

Durante a gestação e no período pós-parto as crises mais comuns são resultantes das hemorroidas externas. Geralmente, os quadros são caracterizados pelo surgimento de bolinhas dolorosas na margem anal. 

A seguir, vamos entender, com mais detalhes, as causas. 

O que causa hemorroida? 

As principais causas das hemorroidas na gestação são:   

  • Aumento do peso corporal; 

  • Prisão de ventre; 

  • Alterações hormonais.  

Segundo o Dr. Bruno Augusto Martins “há uma diminuição da circulação do sangue na região anal. A gestação causa um aumento do volume circulante de sangue em todo o corpo mas, na região anal ocorre estase venosa (estagnação do sangue dentro da veia) devido à compressão das veias abdominais/pélvicas pelo útero”.   

Outros fatores que podem contribuir para o surgimento das hemorroidas em qualquer fase da vida são:  

  • Obesidade; 

  • Sedentarismo; 

  • Fator genético; 

  • Alimentação pobre em fibras; 

  • Pouca ingestão de água.   

Saiba mais sobre o que não comer na gestação 

 Sintomas de hemorroida  

Veja como os sintomas mais comuns da hemorroida são percebidos: 

 Ardência ou dor no ânus durante as evacuações; 

  • Coceira; 

  • Sangramento no papel higiênico ou nas fezes; 

  • Protuberância palpável no ânus.  

Ao surgirem esses sintomas, a gestante deve consultar o obstetra para uma avaliação do quadro e indicação de um tratamento.   

​​A​gendar Consulta​


 Leia mais sobre doença inflamatória intestinal  

Hemorroida na gravidez: como tratar?  

Depois da avaliação, o médico poderá recomendar alguns cuidados, entre os quais estão:  

  • Dieta rica em fibras; 

  • Beber aproximadamente 2 litros de água por dia; 

  • Evitar alimentos como frituras, pimenta e que contenham muitos condimentos; 

  • Evitar o uso de papel higiênico. Optar pela higienização com o chuveirinho. Lenços umedecidos também podem ser utilizados; 

  • Usar sabonete neutro para higienizar a região; 

  • Praticar atividades físicas; 

  • Em alguns casos, pode ser indicado o uso de pomadas para hemorroidas próprias para gestantes. 

 De acordo com o Dr. Bruno Augusto Martins “é importante ressaltar que, na maioria das vezes, as crises são autolimitadas. Geralmente as crises de hemorroidas externas geram um pico de dor nos primeiros cinco dias. Após esse período, é esperada uma melhora gradual da dor e do inchaço. O tratamento cirúrgico é indicado apenas quando não há melhora com os medicamentos empregados e, se possível, deve ser postergado para o período pós-parto”.  

Após as crises de hemorroidas externas, podem surgir os chamados plicomas, que são excessos de pele na região anal.  

 Consultórios Médicos Brasília  

Os Consultórios Médicos da Maternidade Brasília contam com diver​sas especialidades para o cuidado da gestante, entre elas a proctologia. São vários consultórios, com equipamentos de última geração para exames e procedimentos, voltados para a saúde feminina, além do acompanhamento materno-fetal desde o pré-natal até o pós-parto. A unidade proporciona às pacientes uma linha integral de cuidados, desde a consulta, exames e procedimentos referentes a uma medicina preven​tiva de excelência.   

​​Agendar Consulta​

​​​

Veja mais