Logon
Blog

Férias: os cuidados necessários com o seu bebê

Especialista esclarece as principais dúvidas das mães

O verão é uma época prazerosa para estar em contato com seu bebê. Como as férias geralmente são marcadas nesta estação, as oportunidades para curtir um passeio ao ar livre ou uma piscina com o filhote são mais frequentes. No entanto, muitas mães ficam na dúvida sobre os cuidados necessários com as crianças durante essa época. A dra. Juliana Sobral, pediatra da Maternidade Brasília, esclarece as principais dúvidas.

Posso utilizar filtro solar no bebê?

Dra. Juliana: Isto depende da idade. Como a pele da criança é muito fina e sensível até os 6 meses de idade, não é recomendável o uso de protetores solares neste período, pois o risco de lesões na pele é maior. Para estes casos, é preciso evitar o contato com os raios solares de outras formas, como por meio de roupas com proteção solar.

Já a partir dos 6 meses, o uso de protetor solar fator 30 ou mais é recomendado. As melhores opções são os filtros à prova d’água que protegem contra raios UVA e UVB.

Qual a forma certa de utilizar o filtro solar no bebê?

Dra. Juliana: É sempre recomendável passar o filtro solar pelo menos 30 minutos antes da exposição ao sol para que o produto penetre melhor na pele. O protetor deve ser aplicado uniformemente no corpo sem esquecer das orelhas e do peito dos pés. A cada duas horas, é preciso fazer uma reaplicação.

O bebê pode ir à praia?

Dra. Juliana: A partir dos 6 meses de idade, o passeio na praia está liberado, desde que os cuidados sejam seguidos. Antes dessa idade, a partir de 4 meses, o bebê pode ser exposto a curtos períodos no sol. No entanto, a mãe deve evitar a exposição do bebê ao sol entre as 10h e as 16h, quando os raios solares são mais intensos. A criança deve ser mantida debaixo do guarda-sol, evitando contato direto da pele com a areia por tempo prolongado.

E quanto à piscina?

Dra. Juliana: Não há problemas se a atividade for feita com cuidado a partir dos 4 meses de idade. No caso das piscinas, os pais devem estar atentos à rotina de limpeza da água e à presença de cloro, que pode irritar os olhos, a pele e os cabelos.

Como evitar as brotoejas no bebê?

Dra. Juliana: O calor faz com que essas lesões de pele sejam mais frequentes, mas não há motivo para pânico. Para evitar essa condição, os bebês devem estar em ambientes arejados, utilizando roupas frescas de fibras naturais, como algodão, e os banhos – de água morna ou fria – devem ser mais frequentes. Loções e pastas d’água, encontradas em farmácias, são úteis para aliviar os sintomas. Consulte o pediatra para escolha do produto mais adequado à pele do seu filho.

Como evitar assaduras durante o verão?

Dra. Juliana: Basta trocar as fraldas com mais frequência e deixar os bebês sem elas sempre que possível.

Quais os cuidados necessários com a hidratação do bebê?

Dra. Juliana: Até os 6 meses de idade, o leite materno deve ser exclusivo. Para manter os bebês hidratados, a mãe pode amamentar mais vezes. Já a partir dos 6 meses, a criança deve beber muita água e a mãe pode apostar em refeições hidratantes, ricas em legumes, verduras e frutas.



Veja mais