Logon
Blog

Ecocardiograma fetal: como é feito o exame?

Saiba mais sobre esse exame de alta precisão que contribui de forma significativa para um pré-natal seguro

O ecocardiograma fetal é um exame fundamental durante o pré-natal para a gestante com uma gravidez de risco ou com histórico de cardiopatias congênitas na família. Por meio dele é possível detectar problemas no bebê antes mesmo do nascimento, o que contribui para cuidar ainda melhor de sua saúde, mesmo durante a gestação. Nessa edição, Dr. Evaldo Trajano, coordenador do setor de Medicina Materno-fetal da Maternidade Brasília, explica como o ecofetal é realizado e quando é indicado. Saiba mais!

​Para que serve o exame ecocardiograma fetal?

O objetivo do ecocardiograma fetal é avaliar o coração do bebê, tanto a formação quanto o funcionamento. Por meio do exame é possível se fazer um planejamento mais detalhado do parto. Entre as análises feitas estão: alterações nas artérias, defeito do septo atrioventricular, alterações congênitas, entre outras cardiopatias.

De acordo com o Dr. Evaldo Trajano: “uma vez feito o diagnóstico, raríssimos são os casos que precisam de intervenção intrauterina. A imensa maioria dos diagnósticos serve para que a gente possa planejar e preparar o parto. Esse é o principal objetivo do ecocardio, ou seja, detectar alteração, planejar junto com a cardiologia, de acordo com a complexidade de cada caso, e programar o nascimento: se é viável ser um parto normal ou uma cesária eletiva, se será necessário um cardiologista na sala etc.".

Como é feito o ecocardiograma fetal?

​O ecocardiograma fetal é realizado de maneira similar à ultrassonografia, mas a diferença é que por meio dele são visualizadas apenas as estruturas cardíacas do neném, como, por exemplo: artérias, veias e válvulas. Para isso, é colocado um gel sobre a barriga da gestante e espalhado por meio de um transdutor, aparelho que emite as ondas que são produzidas e transformadas em imagens e que serão avaliadas pelo médico.

Quando deve ser feito o ecofetal?

O ecocardiograma fetal é realizado junto com exames pré-natais e pode ser feito no período ideal entre a 26ª e a 30ª semana de gestação, podendo se estender em alguns casos à 32ª semana. Esse exame é fundamental para todas as gestantes, devido à capacidade de identificar alterações cardíacas no bebê, oferecendo a possibilidade de tratamento mesmo durante a gestação.

Além da indicação rotineira no pré-natal, pode ser indicado nos seguintes casos:

▪Com histórico familiar de cardiopatias congênitas;

▪Gestantes diabéticas, com a doença pré-existente ou adquirida na gestação;

▪Gestantes com mais de 35 anos;

▪Que apresentem infecção que possa prejudicar o desenvolvimento do coração do bebê;

▪Que tenham feito uso de medicamentos nas primeiras semanas de gestação.

Quanto tempo leva para fazer um ecocardiograma?

O exame dura em torno de 30 minutos, não requer nenhum tipo de preparo e é indolor.

​Ecocardiograma fetal pode ser feito com 29 semanas?

Sim, como comentado anteriormente no texto, o período ideal de realização do ecocardiograma fetal é entre a 26ª e a 30ª semana de gestação, podendo se estender em alguns casos à 32ª semana.

Confira outras matérias relacionadas ao tema em:

Prematuridade
Amamentação
Chegada do bebê
Teste do pezinho


Veja mais