Logon
Blog

Com quanto tempo de gravidez a mama fica dolorida?

O aumento de hormônios e da estrutura da mama podem provocar dores nos seios

​A gravidez é um período de muitas transformações, o corpo muda para se preparar para a chegada do bebê. Entre as alterações sentidas durante a gestação estão mudanças nos seios, um dos primeiros sinais de quando a mulher fica grávida. Devido ao aumento de hormônios e na estrutura da mama, os seios e mamilos podem ficar mais sensíveis e delicados e em algumas mulheres pode provocar seios doloridos a partir da terceira ou quarta semana, algumas podem sentir até o parto e outras, no entanto, podem deixar de ter dor logo depois do primeiro trimestre. O Dr. Matheus Beleza, ginecologista e obstetra e coordenador do Setor de Medicina Materno-fetal da Maternidade Brasília, explica um pouco mais dessa característica comum da gestação.


 

Como fica o bico da mama no início da gravidez?

 Provocada pelas alterações hormonais no corpo da mulher durante a gravidez, e também devido ao aumento da vascularização sanguínea nas mamas que acontece nessa época, é comum que as aréolas fiquem mais escuras do que o de costume. Essa mudança de cor permanece normalmente durante todo o período de amamentação, mas fique tranquila, ela retoma a normalidade quando o bebê deixar de ter a alimentação com amamentação exclusivamente no peito.


Seios doloridos: o que pode ser?

 Os seios doloridos podem ser provocados devido ao aumento de peso dessa fase, o crescimento da barriga e também o começo da produção de leite materno. Isso faz com que eles fiquem maiores, mais sensíveis e aconteça a dor no peito na gravidez.

Com quanto tempo de gravidez a mama fica dolorida?

Normalmente as mamas podem ficar doloridas logo no começo da gravidez, perto da terceira ou quarta semana. Em algumas mulheres esse dolorido poderá se estender, como mencionado anteriormente, até o final da gestação e em outras pode deixar de existir no final do primeiro trimestre aproximadamente. As causas podem ser dores osteomusculares, aumento do volume da mama relacionado ao ciclo menstrual ou início da gestação.

De acordo com o Dr.Matheus Beleza, o bico do peito poderá ficar mais sensível e mais escurecido no início da gravidez. “Não há necessidade de manipulação ou tratamento para dessensibilização. Em casos mais intensos, comunicar ao médico do pré-natal para conduta específica", explica o médico.

Para minimizar a sensação de desconforto, uma sugestão é o uso de um sutiã de sustentação tanto durante o dia como a noite, pois ele contribui para que o peso e o volume dos seios tenham melhor suporte e isso faz com que a dor seja menor. As características desse sutiã devem ser: de preferência em algodão; com alças largas; com boa sustentação dos seios e não possuir ferro de sustentação, isso porque com o tempo os seios irão crescer e a gestante precisará aumentar o sutiã.   

Além disso, outra dica é que os seios precisarão também de apoio na hora de realizar as atividades físicas. Caso tenha possibilidade, tenha um sutiã específico para os momentos de exercícios. 

 

Quais são as dores mais comuns no início da gravidez?

Segundo o Dr. Matheus Beleza: “É muito comum que no início da gestação as pacientes sintam algumas dores, dentre elas cólicas, dores nos seios e dor de cabeça. Todos estes sintomas costumam ser leves, e em caso de maior intensidade ou associação com outros sintomas como sangramento, vômitos frequentes, alteração visual, deverão ser comunicados ao seu médico ou necessitará de cuidados na emergência", explica.

O especialista reforma ainda que: “é muito importante que as gestantes não estimulem as mamas durante a gestação para que não haja liberação do leite antes do momento adequado. O leite possui fases específicas, adequadas ao tempo após o nascimento do bebê. Além disso, o estímulo das mamas no final da gestação pode provocar o início de contrações e com isso desencadear trabalho de parto prematuro".

Vale ressaltar ainda, que não dever ser realizadas manobras ou tratamentos que tenham por objetivo diminuir a sensibilidade da mama, pois estes podem ferir o mamilo e aumentar o risco de infecções.


Saiba mais sobre outros assuntos relacionados ao tema.

 

Como saber se estou grávida

Exames de rotina femininos

Veja mais