Logon
Blog

Colposcopia: tire suas dúvidas sobre o exame

Conheça melhor o exame, que condições ele detecta e quando deve ser realizado

​​​Agendar Consulta​

A colposcopia é um exame ginecológico que usa um aparelho chamado colposcópio para ampliar a visualização do colo do útero, permitindo identificar lesões que, muitas vezes, não são visíveis a olho nu. ..


Continue a leitura para entender mais sobre o exame e a importância dele na prevenção e diagnóstico precoce de problemas ginecológicos. 


O que é a colposcopia? 


A colposcopia é um exame que permite visualizar o colo do útero e a vagina de forma ampliada e detalhada. Por meio do uso de alguns reagentes, é possível detectar lesões precursoras de câncer nessa parte do corpo feminino. 




Qual a função da colposcopia? 


A principal função da colposcopia é a detecção precoce de lesões precursoras do câncer de colo de útero, funcionando como um exame preventivo na rotina médica da mulher.  


Como o exame é feito? 


O exame é realizado no consultório médico ou em laboratórios. A mulher deve estar deitada em posição ginecológica, com as pernas afastadas e os joelhos flexionados.  

O colposcópio é uma lente de aumento que visualiza o colo do útero e a vagina como em um exame ginecológico comum, permitindo ao médico observar o colo do útero de forma ampliada. 

Não é um exame doloroso, mas é comum sentir algum desconforto leve. Também é possível a coleta de material para biópsia dirigida, nos casos em que o especialista julgar necessário.  


O que a colposcopia pode identificar? 


A principal função da colposcopia é identificar lesões cancerígenas ou pré-cancerígenas (ou seja, que podem evoluir para um câncer).  

Além disso, o exame também pode identificar lesões benignas, como infecções, inflamações e verrugas genitais.  


Quais as diferenças entre colposcopia, vulvoscopia e papanicolau? 


Enquanto a colposcopia é focada na avaliação ampliada do colo do útero, a vulvoscopia utiliza o mesmo mecanismo para observar a vulva, região externa dos órgãos genitais femininos.  

O papanicolau, por outro lado, é um exame que coleta células do colo do útero para identificar alterações por meio de análise em microscópico, e não envolve a visualização direta do órgão, como na colposcopia. 



 

Colposcopia com biópsia: quando é necessária? 


Em alguns casos, o médico pode solicitar uma biópsia durante a colposcopia. A biópsia é um procedimento que consiste na retirada de um pequeno fragmento de tecido para análise laboratorial.  

A biópsia é necessária para confirmar o diagnóstico de lesões pré-malignas ou malignas, como nos casos de infecções pelo vírus HPV. 


Exames de rotina para a saúde da mulher 



  • Papanicolau: realizado anualmente, porém, na rede pública, pode ser requisitado a cada três anos; 
  • Colposcopia​: realizada quando há alterações no exame de Papanicolau; 
  • Mamografia: realizada anualm​ente, a partir dos 40 anos de idade; 
  • Ultrassonografia transvaginal: realizada a cada um ou dois anos, a partir dos 35 anos de idade, ou a critério médico. 
  • Exames de sangue (hemograma, glicemia de jejum, colesterol total e frações, entre outros); 
  • Pressão arterial: aferida a cada consulta médica; 
  • Exame de urina: realizado a cada consulta médica.


Veja mais