Logon
Blog

Cólica menstrual: o que é, quais são as causas e como aliviar?

Entenda os principais motivos que provocam cólica durante a menstruação

A cólica menstrual, também chamada de dismenorreia, é uma dor que acontece no baixo ventre durante o período da menstruação. Esse é um incômodo que toda mulher já deve ter experimentado ao menos alguma vez na vida. O sintoma pode vir sozinho ou acompanhado de dor de cabeça, diarreia, náusea e, em casos mais graves, até mesmo desmaio.

A dismenorreia é dividida em categorias, as chamadas dismenorreia primária e dismenorreia secundária, de acordo com suas características, que vamos explicar no texto a seguir.

Entenda, neste blog, quais são as causas da cólica menstrual, como aliviar a dor e quando procurar um médico. Quem explica o assunto é o Dr. Marcus de Paula, ginecologista e obstetra da Maternidade Brasília. Saiba mais!

O que causa a cólica menstrual?

A cólica menstrual é uma reclamação frequente entre as mulheres, um dos mais comuns desconfortos ginecológicos relatados. Embora ela não seja um problema grave de saúde, algumas mulheres podem ter sua rotina afetada quando a dor é mais intensa.

Para explicar a cólica menstrual, antes é importante saber que elas são divididas em dois tipos:

• Dismenorreia primária, que acontece durante a menstruação sem que exista uma doença ginecológica que a motive.

• Dismenorreia secundária, quando a cólica é provocada por doenças ginecológicas, como, por exemplo, infecções, endometriose ou miomas.

É normal sentir cólica menstrual?

É normal, sim, a cólica é um sintoma que faz parte das fases do ciclo menstrual, no período da ovulação ou sangramento. Cada mulher poderá sentir em uma intensidade diferenciada, algumas, no entanto, podem ter a dor agravada por outros motivos de saúde, nos quais podem estar inclusos pólipos, miomas, infecções, endometriose e até mesmo o climatério, período anterior à menopausa.

Cólica menstrual muito forte: o que pode ser?

Como mencionamos antes, alguns problemas ginecológicos podem provocar uma cólica menstrual forte, nesses casos, é necessário o acompanhamento médico para diagnóstico e tratamento adequado. Entre os motivos mais comuns para uma dor mais intensa, estão:

• Endometriose;

• Aborto;

• Adenomiose;

• Mioma submucoso;

• Pólipos.

Em casos de cólicas intensas, procure seu médico ginecologista para uma avaliação do quadro.

Cólica fora do período menstrual: o que pode ser?

Quando a cólica ocorre fora do período da menstruação, pode ser no momento da ovulação, no início de uma gestação ou então indicar algumas doenças. Veja os principais motivos.

• Ovulação – quando o óvulo é liberado pelo ovário, que acontece, geralmente, 14 dias depois da menstruação. Normalmente, essa cólica melhora depois da liberação do óvulo.

Endometriose – doença inflamatória que se dá pela implantação do tecido do endométrio em outros órgãos, como os ovários, a bexiga e o intestino. A cólica intensa, nesse caso, acontece, principalmente, durante a menstruação, mas também pode ocorrer fora desse período. Leia também quem tem endometriose pode engravidar?

• Doença inflamatória pélvica – começa na vagina e pode atingir o colo do útero, as trompas e os ovários e gerar sangramento, corrimento vaginal e cólica fora do período menstrual. A condição é causada, principalmente, por Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), como clamídia e gonorreia.

• Mioma – é um tumor benigno formado no músculo uterino. Normalmente, não causa sintomas, mas pode provocar cólica e sangramento menstrual intenso no período menstrual ou fora dele, dependendo de onde estiver localizado.

• Gestação – ter cólica fora do período menstrual pode também indicar gravidez. A dor acontece por causa da implantação do embrião no útero e, consequentemente, por seu aumento.

Adenomiose – também chamada de endometriose interna, consiste no espessamento – ou seja, torna mais grossa – a parede do útero. Assim, forma nódulos pequenos de endometriose na parede muscular do útero. Em fases mais avançadas, causa cólica fora do período menstrual e sangramento.

Como diferenciar a cólica menstrual da cólica da gravidez?

De acordo com o Dr. Marcus de Paula, “a cólica menstrual e a cólica da gravidez não possuem diferenças marcantes na característica da dor, porém, outros sintomas, como náuseas, vômitos e atraso menstrual antes da cólica, podem indicar uma gravidez”.

​Leia também corrimento rosado é normal?

Como aliviar a cólica menstrual?

O Dr. Marcus de Paula explica que “como qualquer dor, o tratamento deve ser escalonado para a melhora do quadro. Os remédios mais eficazes no controle da dor incluem os antiespasmódicos e os anti-inflamatórios”.

Instituto de Endometriose de Brasília

Na Maternidade Brasília, o Núcleo de Cuidado Integral à Saúde da Mulher (NCISM) e o Instituto de Endometriose de Brasília contam com uma equipe multidisciplinar de assistência à saúde da mulher. O tratamento da endometriose é uma das áreas de atuação desses profissionais.

​​ Você pode agendar sua consulta com um de nossos especialistas por meio do ​​agendamento on-line,​ pela Central de Marcação – ​(61) 3315-1000 – ou pelo WhatsApp. 

Veja mais