Logon
Blog

Assadura em bebês entenda as causas e como tratar

Elas causam bastante incômodo aos bebês, mas o tratamento costuma ser simples

​​​​​​​Difícil encontrar um pai ou mãe que não tenha lidado com assadura em bebês. O problema é bastante comum e costuma causar irritação e choro nos pequenos. Isso porque a pele fica bastante irritada e sensível.  

Em geral, o tratamento exige apenas alguns cuidados extras​ por parte dos cuidadores do bebê. Siga a leitura e saiba como evitar e tratar esse problema. 


Assadura em bebês: o que são e quais as causas?

Assadura de fralda é uma irritação/inflamação que acontece quando a pele do bebê fica muito tempo em contato com a acidez da urina e das fezes. 

A umidade e o aumento da temperatura no interior da fralda ajudam a desencadear o quadro. Assim, a pele do bebê - região do períneo, genitais e bumbum – fica vermelha e dolorida.  
 
Outros fatores que também podem desencadear o problema são: 

  • Diarreia: as fezes ficam ainda mais ácidas e líquidas 

  • Alergias alimentares 

  • Atrito com tecidos 

  • Uso de antibióticos, que também alteram a acidez das fezes. 

Uma fase que merece atenção especial é a de introdução alimentar​. Isso porque o bebê, que antes só mamava, começa a comer e as fezes e o xixi ficam mais ácidos.  

Apesar das assaduras não serem algo complexo, elas merecem cuidado imediato. Isso ​​​porque a umidade no interior da fralda é um ambiente propício para a proliferação de bactérias e fungos e, se isso acontecer, a irritação na pele pode ser pior. 
 

Sintomas de assaduras em bebês 

Os principais sintomas de assaduras em bebês são pele vermelha, irritada e/ou dolorida e ressacada, além de coceira. Em função desse quadro, o bebê tende a ficar mais irritadiço.  


Como prevenir assadura em bebês?

A troca de fraldas (de tamanho adequado) mais frequente e a limpeza do local com algodão e água ou lenços umedecidos adequados para a idade do bebê são fundamentais para a prevenção de assaduras. 
Ainda existem pomadas que podem fazer uma barreira e prevenir o contato das fezes e diurese com a pele, além de hidratar a região.


 
Dicas para evitar as assaduras no calor

No calor, a região do corpo coberta pela fralda fica ainda mais quente. Então, sempre que possível, deixe o bebê sem fralda para a pele "respirar".  

 

Como tratar assadura em bebês? 

O pediatra deverá avaliar cada caso. Em geral, o tratamento local com pomada e óleos tende a ser suficiente. Em alguns casos, pode ser necessário o uso de uma pomada com antifúngico, antibiótico ou corticoide.  

Além disso, algumas medidas são importantes tanto na prevenção como no tratamento de assaduras em bebês:  

  • Realizar a troca de fraldas com frequência; 

  • Na limpeza, usar água e sabão ou lenços umedecidos específicos para bebês; 

  • Faça a higiene de forma suave, sem esfregar; 

  • Antes de aplicar a pomada, seque bem a pele do bebê; 


Quando levar o bebê ao médico? 

Se, mesmo com uso de pomadas e óleos a pele local continuar irritada, avermelhada ou com sinais de infecção secundária de pele - como rubor e inchaço -, o pediatra​ deverá ser consultado.

Em casos mais graves, em que surgirem bolhas e machucados com sangue, buscar ajuda rapidamente é fundamental.



Veja mais