Logon
Blog

A saúde da mulher em tempos de isolamento social

O organismo feminino tem particularidades no decorrer da vida, por isso, precisa de cautelas especiais

​​A vida como conhecíamos mudou completamente nos últimos meses. Manter bons hábitos para preservar e incrementar a saúde, de modo geral, tem sido a chave para se sentir mais seguro durante a adaptação a esse novo cenário mundial. Alguns exames médicos não podem ser deixados de lado por causa da quarentena e, agora, você tem mais tempo do que nunca para incluir na rotina detalhes que podem fazer toda a diferença na sua qualidade de vida.

Cuide-se: não adie os exames essenciais

Ao longo da vida, geralmente são as mulheres que assumem o papel de fornecer cuidado e proteção aos outros, mas, muitas vezes, acabam se esquecendo da própria saúde. Cada fase da vida de uma mulher demanda certos tipos de atenção, resultando na necessidade de manter os check-ups em dia para que haja o direcionamento correto por parte do médico especialista.

“Na adolescência, o que mais preocupa é o risco de adquirir uma doença sexualmente transmissível (DST) ou uma gravidez não desejada. Já durante a fase adulta, o desejo de ter filhos e a prevenção do câncer passam a ser as preocupações mais importantes e, ao entrar na menopausa, o que mais se espera é ter uma boa qualidade de vida. Os exames mudam de acordo com a fase em que a mulher se encontra, mas, o que mais importa, é sempre pensar na prevenção como a melhor forma de se manter saudável”, alerta o ginecologista da Maternidade Brasília Dr. Evandro Oliveira.

Nesse contexto, certos exames são indispensáveis, pois ajudam a detectar problemas de saúde antes que evoluam para um estágio delicado e com menores chances de tratamento. O organismo da mulher tem particularidades que implicam a necessidade de realizar determinados exames regularmente, e a quarentena não deve ser um obstáculo nesse contexto.

Exames como a ultrassonografia transvaginal (para verificar problemas como cistos e infecções ou rastrear o câncer de ovário), o conhecido teste de Papanicolau (que checa a existência de câncer de colo do útero) e a mamografia (que detecta a existência de câncer de mama) são alguns que precisam entrar de imediato na nova rotina.

O médico complementa: “O isolamento social é uma medida fundamental e necessária para enfrentarmos a pandemia do novo coronavírus, mas que não deve impedir a realização de uma avaliação médica. Tenha em mente o quanto é importante fazer os exames de prevenção. Seu corpo e sua saúde agradecem!”.

Saúde mental: ocupe-se com atividades prazerosas

O tempo extra dentro de casa pode se tornar monótono. Evite ficar à toa e tente algo novo. Experimente, a cada dia, fazer algo diferente do dia anterior e tente priorizar atividades que podem proporcionar alegria e ocupar positivamente sua mente. “Ocupar o corpo e a mente é fundamental para mantermos uma boa imunidade física e mental, para que possamos superar as dificuldades desse momento pandêmico”, pontua o Dr. Evandro.

Inventar uma receita nova ou colocar em prática uma antiga pode ser bem divertido. Se tiver filhos, aproveite para pedir aquela mãozinha na cozinha enquanto eles aprendem e se distraem em família. Que tal dar uma cara nova a algum cantinho da casa? Troque os móveis de lugar, inclua novas peças de decoração ou até mesmo mude a cor de algumas paredes. Assista aos tutoriais DIY (do inglês “do it yourself”, faça você mesmo) na internet, isto é, ideias de como reaproveitar e personalizar objetos, roupas, acessórios e itens dos quais você já enjoou.

Aproveite para ler aqueles livros que estão guardados há anos. Retomar o contato com aquela amiga com quem você não conversava há tanto tempo pode ser mais legal e prazeroso do que você imagina. Reintroduzir passatempos antigos, que você havia abandonado por falta de tempo, pode ser uma verdadeira válvula de escape. E, claro, lembre a seus entes queridos que você se preocupa com eles e que está ali se eles precisarem. Bater papo por chamadas de vídeo com familiares que estão longe é superimportante para manter a leveza e a esperança viva neste momento – você fica feliz e eles também!

Caso você tenha uma psicanalista/psiquiatra/psicóloga com quem já vem trabalhando há algum tempo, não interrompa as consultas. Peça uma sessão pelo telefone ou por vídeo. A continuidade da análise fará toda a diferença em sua forma de encarar este período tão conturbado.

Dicas especiais para as futuras mamães

Por fim, o ginecologista da Maternidade Brasília afirma que a única mudança comportamental que as mulheres grávidas devem seguir, ao longo dessa fase de isolamento social, é a adoção de todas as condutas que estão sendo divulgadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS). “Além disso, durante as consultas do pré-natal, todas as dúvidas devem ser esclarecidas e os exames, realizados para que, no dia do parto, tudo transcorra da melhor forma possível”, ressalta. A alimentação para a gestante na quarentena​ também pode ser direcionada para o fortalecimento da imunidade. Consumir alimentos ricos em vitamina C, vegetais verde-escuros e castanha do pará são ótimas opções.

O Dr. Evandro Oliveira ainda destaca o fato de a Maternidade Brasília ter se preparado, de acordo com as medidas de segurança e prevenção do coronavírus​, para receber de forma segura seus pacientes. “Estamos seguindo todas as orientações da Rede Ímpar e do Ministério da Saúde, visando proteger as gestantes e os recém-nascidos durante este período.”


Veja mais